top of page
Buscar

As Energias do Amor no Séc. XXI

As energias do amor são uma força poderosa que pode ter um impacto profundo na nossa vida amorosa e na relação que mantemos com quem está ao nosso lado.

Se existisse uma palavra que pudesse definir as relações amorosas no séc. XXI, uma das principais candidatas seria, sem dúvida, "complexidade".


Para além das expectativas, por vezes irrealistas, existem outros desafios inevitáveis para os casais do séc. XXI: insegurança na atividade profissional, o não esclarecimento e aceitação prévia das tarefas a desempenhar por cada parceiro no dia a dia do casal, imaturidade emocional, padrões de vinculação na infância disfuncionais, traumas emocionais associados a relações anteriores que não foram resolvidos… isto para nomear apenas alguns dos menos conhecidos. E tudo isto ainda antes mesmo de o casal ter pensado, sequer, em filhos!


Toda esta "complexidade" pode, facilmente, sobrecarregar a relação (os relacionamentos "tradicionais", como o casamento, têm sido particularmente afetados) e provocar tensão no casal que, regra geral, não dispõe de ferramentas adequadas para gerir eficazmente estes momentos de stress e conflito.


Não será de admirar, portanto, que em cada 100 casamentos realizados em Portugal, 61 acabem em divórcio (Pordata, dados de 2019). Ou seja, a taxa de sucesso para quem casa hoje em Portugal é de 39%! Mas também sabemos que outras formas de relacionamento a longo prazo apresentam números semelhantes.



Mas, então, se a taxa de sucesso para os casamentos/relacionamentos é tão baixa, por que razão as pessoas continuam a querer estar juntas?


A resposta mais simples: por amor!


O amor pode trazer alegria, paz, conforto e um sentimento de pertença. Quando amamos e somos amados, sentimo-nos mais confiantes, seguros e realizados. O amor pode também ajudar-nos a superar desafios, a crescer como pessoa e a encontrar significado e propósito na vida.


Existem muitas formas de podermos demonstrar o nosso amor e de interagir com a pessoa amada, tantas quanto existem pessoas, todas únicas e singulares. No entanto, uma das dimensões menos reconhecidas no amor é a sua componente energética.


Saber reconhecer e reagir de forma adequadas às diferenças energéticas de cada um dos parceiros é um aspeto essencial para desenvolver compaixão por essas mesmas diferenças, principalmente durante momentos de stresse e tensão, que são inevitáveis em qualquer relação.


Além disso, as energias do amor podem também ser contagiosas e ter um impacto positivo nas pessoas ao nosso redor. Quando mostramos amor e compaixão aos outros, podemos inspirá-los a fazer o mesmo, criando assim uma corrente positiva de energia.


No entanto, para tirarmos todo o benefício desta ligação energética, é preciso aprendermos a reconhecer o nosso estilo energético primário, bem como o da pessoa que está ao nosso lado. O Curso Básico de Introdução às Energias do Amor aborda esta questão energética dos relacionamentos e está disponível no site do Método Pestana.



Em resumo, as energias do amor são uma força transformadora e poderosa na nossa vida e nas relações que mantemos com os outros. Elas podem trazer alegria, paz e propósito, e também ter um impacto positivo nas pessoas ao nosso redor.


Um brinde às energias do amor!


João Pestana

220 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page