top of page
Buscar

O Stress e as Energias do Amor – parte 2

Na primeira parte deste artigo vimos como o stress pode impactar negativamente a comunicação, especialmente quando se trata de uma relação amorosa. Vimos também alguns dos comportamentos e características associados a cada um dos Quatro Estilos Energéticos, para o melhor (sem stress relacional) e para o pior (sob stress relacional).


De forma resumida, podemos dizer que, sob stress relacional intenso, a pessoa:

  • cinestésica sente-se sobrecarregada com sentimentos e emoções.

  • auditiva ouve aquilo que nunca foi dito ou sequer intencionado.

  • visual perde a perspetiva.

  • digital suprime respostas emocionais primárias através da lógica

Ter este conhecimento ajuda-nos a identificar o nosso Estilo Energético Primário, bem com o das outras pessoas, especialmente aquelas mais próximas.


Nesta segunda parte vamos:

  1. ficar a conhecer o “lema” de cada um dos Quatro Estilos Energéticos;

  2. descobrir outras formas de identificar o Estilo Energético Primário;

  3. perceber que, sob stress, as energias físicas de cada um dos Quatro Estilos Energéticos irão concentrar-se em diferentes partes do corpo;

  4. aprender algumas estratégias que podemos utilizar para comunicar de forma mais assertiva com cada um dos Quatro Estilos Energéticos durante situações de stress.


1. O “lema” de cada um dos Quatro Estilos Energéticos


O "lema" de cada Estilo Energético demonstra o tipo de pensamento automático que muitas vezes está associado a cada um dos Quatro Estilos Energéticos, quando estão imersos numa situação de stress com a pessoa amada.

Este tipo de pensamento pode não ser manifestado verbalmente durante uma situação de stress relacional, mas muitas vezes está presente na mente de cada uma das pessoas, de uma maneira ou de outra.


2. Outras formas de identificar o Estilo Energético Primário


Para além das características e comportamentos que já abordámos na primera parte do artigo, existem duas outras formas que podemos utilizar para confirmar o Estilo Energético Primário de uma pessoa.

  • através de um questionário.

  • através de um teste energético.

O questionário demora apenas 2 minutos a preencher e no final, se quiser, poderá partilhar os resultados através das redes sociais e convidar amig@s a fazê-lo também. Não temos acesso aos resultados, são totalmente anónimos.


3. As energias físicas dos Quatro Estilos Energéticos


Perante uma situação de stress, as energias do organismo irão organizar-se de forma diferente para cada um dos Quatro Estilos Energéticos. Do ponto de vista energético, são estas diferenças que estão na origem das dificuldades de comunicação de cada um deles.


As Energias do Estilo Cinestésico

  • absorve as energias da outra pessoa como se fosse uma esponja.

  • energias da outra pessoa misturam-se com as suas próprias energias internas.

  • difícil distinguir entre o que é do próprio daquilo que é do outro.

  • energia espessa e dolorosa concentra-se no peito e no coração.

  • energia move-se para dentro do corpo, tudo fica lento e pesado.

  • pensamento não é suportado, enraizamento e estabilidade comprometidas.

As Energias do Estilo Auditivo

  • energias concentram-se à volta das orelhas e no plexo solar.

  • energia espessa e dolorosa no peito e coração.

  • comentários podem ativar emoções internas não relacionadas com o que acabou de ser dito.

  • sensibilidade extrema leva a emoções contraditórias e dolorosas.

  • tudo começa a “gritar” para a pessoa auditiva. O som passa a ser sentido como algo de pessoal e ofensivo.

  • emoções intensas e contraditórias podem levar auditiv@ a fugir da situação sem dar qualquer explicação.

As Energias do Estilo Visual

  • energias concentram-se na cabeça e na parte superior do peito.

  • energias movem-se para o exterior através dos olhos, cabeça e peito.

  • excesso de energia nesta parte do corpo faz com que pessoa visual perca a perspetiva da situação e “deixe de ver” a outra pessoa.

  • energia em túnel em direção à outra pessoa.

  • sentimentos de revolta e frustração podem levar a palavras duras.

  • a outra pessoa experiencia esta energia como sendo julgamento e culpa.

As Energias do Estilo Digital

  • energias concentram-se no córtex pré-frontal.

  • cabeça fica energeticamente desconectada do resto do corpo. Coração e intuição desligados.

  • energias da outra pessoa ressaltam, sem afetar digital.

  • emoções, sentimentos e apelos desesperados não afetam @ digital.

  • as preocupações e emoções da outra pessoa não são relevantes.

  • digital não se desliga das preocupações e sentimentos da outra pessoa de forma consciente.


4. Estratégias de comunicação assertiva para cada um dos Quatro Estilos Energéticos durante situações de stress.


Agora que já temos ferramentas para identificar o Estilo Energético Primário, e sabemos de que forma as energias perturbam fisicamente cada um deles, vamos perceber como podemos comunicar de forma mais assertiva com os Quatro Estilos Energéticos Primários, sob stress.


Comunicar com o Estilo Energético Cinestésico sob Stress

  • está a lidar com alguém que vive no momento presente.

  • dá uma importância exagerada aos sentimentos, necessidades e dores da outra pessoa.

  • confia mais nos seus próprios sentimentos do que na lógica e no raciocínio.

  • importante diminuir a pressão e dar tempo suficiente para resolver as questões e pedir feedback.

  • estar atent@ a sinais de retirada ou incapacidade em comunicar ou partilhar o que está a pensar ou sentir, por excesso de empatia.

  • prestar atenção à comunicação não verbal.

Comunicar com o Estilo Energético Auditivo sob Stress

  • não espere uma resposta neutra e empática durante momentos de stress.

  • a pessoa auditiva concentra-se mais nas "vibrações" do que nas palavras exatas que foram ditas.

  • será difícil convencer a pessoa auditiva de que as suspeitas que ela tem não são válidas.

  • enquanto a pessoa não se acalmar, nem vale a pena tentar comunicar eficazmente com a pessoa auditiva.

  • repetir várias vezes o que a pessoa auditiva disse e pedir confirmação para prevenir mal-entendidos.

  • as pessoas auditivas precisam saber que estão a ser verdadeiramente “ouvidas” e compreendidas.

Comunicar com o Estilo Energético Visual sob Stress

  • é difícil para a pessoa visual largar facilmente uma visão apaixonada.

  • diminuir a pressão e dar tempo à pessoa visual para processar informação.

  • mantenha distância física da pessoa visual para que ela possa ver com perspectiva.

  • não permita que a "visão" da pessoa visual afaste a sua própria perspetiva sobre a situação.

  • mantenha-se firme na sua posição e demonstre que a sua "visão" também tem mérito.

  • se possível, olhe a pessoa visual nos olhos enquanto fala com ela.

Comunicar com o Estilo Energético Digital sob Stress

  • aceite que, sob stress, não irá receber sentimentos da pessoa digital, apenas raciocínio lógico.

  • não levante a voz em sinal de frustração.

  • não demonstre excessivamente as suas emoções, caso contrário a pessoa digital irá "desligar-se" da situação.

  • tente manter-se calm@ e exponha a sua perspectiva de forma lógica e racional.

  • ajude a pessoa digital a trazer à superfície sentimentos subjacentes que ela pode não estar a reconhecer em si própria.

Em resumo:

  • cada um de nós perceciona energeticamente a vida através de Quatro Estilos: cinestésico, auditivo, visual e digital.

  • todos nós utilizamos este quatro estilos energéticos nas nossas interações diárias.

  • no entanto, um destes quatro estilos irá ser dominante em cada um de nós, é o que chamamos Estilo Energético Primário.

  • este estilo primário é determinado geneticamente e não muda ao longo da vida. Não tem a ver com a nossa educação, embora possa ser "trabalhado".

  • o estilo primário é aquele que nós instintivamente confiamos e favorecemos quando estamos sob stress, principalmente sob stress relacional.

  • duas pessoas com diferentes estilos energéticos primários interpretam e respondem ao stress de maneira muito diferente.O stress distorce, é como se as duas pessoas estivessem em dois canais energéticos diferentes.

  • quando estamos sob stress é difícil “voltar aos nossos sentidos”, ficamos apenas com a "verdade distorcida" do nosso estilo primário.

  • duas pessoas conhecem-se e apaixonam-se, depois da 1ª grande discussão sentem que a outra tem uma dupla personalidade, é como se já não falassem a mesma língua. Como se estivessem em "canais" diferentes.

  • identificar o Estilo Energético Primário (nosso e da pessoa amada) pode ajudar-nos a comunicar melhor, e dá-nos alguma compaixão pelas dificuldades que todos temos quando comunicamos sob stress, especialmente com a pessoa amada.

  • existem técnicas energéticas e de comunicação assertiva que nos podem ajudar a comunicar mais eficazmente com cada um dos quatro estilos energéticos.

  • podemos utilizar este conhecimento para comunicar melhor não só com a pessoa amanda, como também com amigos e colegas.

Algo que ajuda TODOS os Quatro Estilos Energéticos é reconhecimento e apreciação genuina pelas dificuldades de comunicar que todos temos durante uma situação de stress. Expressar estas dificuldades ajuda a fortalecer As Energias do Amor.


Espero que esta informação possa ajudar a fortalecer as suas relações e as suas Energias do Amor.


Poderá aprofundar esta temática no Curso Básico de Introdução às Energias do Amor disponível no site do Método Pestana.


Até breve,


João Pestana

99 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios

Obtuvo 0 de 5 estrellas.
Aún no hay calificaciones

Agrega una calificación
bottom of page